Um novo modo de pensar…

Vejo que situações simples do dia-a-dia podem virar um drama com uma simples pergunta feita sem pensar. A cada dia que passa percebo que temos realmente que pensar (pelo menos um pouquinho!) antes de falar, pois certas palavras podem ser completamente inofensivas no nosso ponto de vista e serem completamente ofensivas para outras pessoas!

Percebo também que o silêncio é realmente a melhor resposta para muitas perguntas! Muitas vezes somos bombardeados de perguntas que já têm suas respostas prontas, porém se a resposta não confirma o que o seu “dono” queria…isso pode se tornar uma grande novela! Daí descobrimos que cada pessoa tem seu modo de pensar e nem sempre é do mesmo jeito que o nosso.

Às vezes perdemos tempo complicando situações tão banais somente por não conseguir ver a situação de outros ângulos, ou seja, de enxergar as oportunidades que aquilo tem a nos oferecer.

Há doze anos conheço uma metodologia chamada Permacultura. Criada por dois australianos, Bill Mollinson e David Holmgren, a permacultura é uma metodologia de design de terrenos e de comunidades humanas sustentáveis (empresas, condomínios, casas, ecovilas, etc) que aborda a consciência de todos os nossos atos, ela nos faz pensar e refletir sobre as nossas necessidades e como essas necessidades afetam o nosso ambiente e nossa vida. Mas porque falar sobre permacultura em um texto que aborda modo de pensar e falar?

Simplesmente porque a permacultura, na minha opinião, é muito mais que uma metodologia, ela é uma filosofia de vida, uma nova forma de pensar e observar o mundo! Acho muito pertinente a ética da permacultura.

Ética da Permacultura

E também os seus princípios, um em especial que é:

Palestra Cultura da Sustentabilidade.029

Acho que se temos isso como fio condutor de nossos pensamentos e respostas às perguntas que nos são feitas, a chance de evitarmos conflitos e conseguirmos equilíbrio e harmonia é muito maior! Vale a pena tentar!

Author: Ludmila Carvalho

Share This Post On

1 Comment

  1. Por isto prefiro escrever do que falar.Quando escrevo,posso apagar,corrigir;…e quando falo talvez possa dizer algo que jamais poderá ser apagado.Assim vai aí uma super dica da Marcinha:pensar para falar.E você Lud, pelo que percebo, pensa muito…o mais incrível?Escreve coisas sensacionais.Beijoca da tia.

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *