Mochilão – Parte II – 10 dicas para organizar um mochilão!

No meu último post, eu falei com vocês aqui sobre a importância de se organizar para fazer uma viagem.

Não existe receita para viajar de mochilão, mas para se aventurar pelo Brasil ou pelo mundo é preciso ter coragem e estar consciente do tipo de viagem que você vai encarar.

E para que a sua viagem seja inesquecível, planejar alguns detalhes é fundamental!

Então vamos lá:

By Mirelle Rocha

By Mirelle Rocha

1- Para onde você vai? – Defina o local que mais combina com você.

O primeiro passo para fazer uma viagem é escolher o seu destino. O mundo é enorme e existe uma infinidade de locais bacanas para se conhecer.

Defina primeiro o seu estilo de viagem! Cidade ou montanha? Praia ou neve? Aventura ou sossego? Você vai se deparar com diversas opções de passeios, mas nem sempre é possível curtir tudo em uma única viagem. Escolha o que mais lhe agrada no momento, priorize um local e tente aproveitá-lo da melhor maneira possível!

2- Quanto você pode gastar? – Estabeleça o seu orçamento e tempo disponíveis para a viagem.

Defina quantos dias você terá disponível para a viagem e analise quanto você terá disponível para gastar. Não adianta você planejar uma viagem de 30 dias com vários passeios pelo caminho e ter que voltar no meio da viagem por falta de dinheiro.

Lembre-se de incluir no seu orçamento as passagens (aéreas, trem, ônibus), hospedagem, alimentação, passeios e mais uma reserva para alguma emergência.

É muito importante também se informar sobre a moeda utilizada no local e as taxas cambiais para evitar surpresas. Evite trocar dinheiro nos aeroportos porque as taxas de câmbio utilizadas costumam ser muito mais altas.

3- Pesquise, informe-se e planeje-se.

É essencial pesquisar sobre o destino e se planejar.

Leia sobre os locais que pretende visitar. Podem ser reportagens, relatos de viagens, blogs, guias, sites e revistas.

Quando fiz o meu mochilão para o Peru, através de um site voltado para mochileiros fiz contato com várias pessoas que tinham interesse em viajar para o mesmo local. Criamos um grupo de whatsapp exclusivamente para trocar dicas e experiências sobre as viagens. A ajuda desse grupo foi fundamental para o planejamento e realização da minha viagem! Além de ter acesso a informações muito específicas sobre os locais que eu iria conhecer, me senti acompanhada durante toda a minha viagem!

4- O que você gostaria de fazer? Organize um roteiro!

Liste os lugares e cidades que você gostaria de conhecer e pesquise sobre a melhor estação do ano para visitar os pontos turísticos e conhecer os eventos que acontecem na região.

Procure saber como chegar, tempo de deslocamento, tipo de transporte entre as cidades, horários de ônibus e trem e principalmente sobre a disponibilidade. Sempre pesquise sobre a necessidade de fazer reserva antecipada para alguma atividade para não correr o risco de ficar de fora. Por mais que não seja interessante ter uma viagem totalmente definida e estruturada, é sempre bom lembrar que algumas atrações são tão procuradas que se você não comprar o ingresso com antecedência correrá o risco de não conseguir visitá-la.

By Mirelle Rocha

By Mirelle Rocha

Leve em consideração quantos dias terá disponível para o passeio e o orçamento total. É sempre bom lembrar que, mesmo com esse planejamento, muitas vezes, você poderá mudar os planos durante a viagem!

5- Onde você vai se hospedar?

Escolha a sua hospedagem! Escolha o tipo de lugar que você se sente melhor para ficar: hotel, pousada, hostel, casa, camping, lugares com mais conforto ou hospedagens mais em conta, quartos individuais ou coletivos. Estude com atenção os locais que você tem interesse em se hospedar e leia com cuidado as avaliações positivas e negativas.

Existem sites e aplicativos que são fundamentais para nortear o mochileiro na hora de escolher a hospedagem. Eu utilizei principalmente o booking.com e foi uma mão na roda! Através dele é possível escolher a sua hospedagem levando em consideração vários aspectos como tipo de hospedagem, tipo de quarto, localização e faixa de preço. E uma outra vantagem é que em vários hostels cadastrados foi possível fazer as minhas reservas sem a cobrança antecipada. Dessa forma, nos casos em que houve mudança de planos, eu pude cancelar a reserva sem ter que pagar por isso!

6- Compre suas passagens.

Nem sempre é possível organizar uma viagem com antecedência, mas se esse for o seu caso, compre logo a sua passagem aérea! Passagens compradas com antecedência costumam sair muito mais em conta!

Mas se você resolveu fazer um mochilão de última hora, fique de olho nas promoções e pesquise muito! Em algumas situações, apenas de alterar um dia na passagem de ida ou na passagem de volta você consegue reduzir pela metade os seus valores!

Pesquise também sobre as formas de deslocamento entre as cidades que farão parte do seu roteiro. Qual é a melhor forma de se locomover por determinado país? De ônibus, de trem, de avião? Pesquise as empresas de ônibus e trem que atuam nas localidades e compare preços e serviços. Fique atento também às avaliações positivas e negativas sobre as empresas. Nem sempre a mais barata é a que te oferece mais segurança.

7- Tenha um Smartphone.

Um smartphone é a melhor ferramenta para qualquer viajante, pois com ele você raramente precisará de um computador, a menos que precise trabalhar.

Se você não tem um, vale a pena o investimento nesse momento. Através do seu aparelho você poderá fazer reservas, comprar passagens, se comunicar com amigos e familiares, se localizar, usar o tradutor para facilitar a comunicação entre várias outras funções.

Lembre-se que você estará em um local desconhecido e qualquer equipamento que possa facilitar a sua vida será muito bem-vindo nessa hora!

8- Tome suas vacinas em dia e verifique os seus documentos.

Uma das principais dicas antes de colocar a mochila nas costas e sair pelo mundo é deixar todos os documentos em dia, principalmente passaporte ou carteira de identidade atualizada, visto e cartela de vacinação.

Pesquise antes se os locais para onde você vai exigem vacinas ou alguma documentação específica. Para alguns países não é necessário apresentar o passaporte, mas a sua carteira de identidade deve ter sido expedida a menos de 10 anos. Fique atento a esses detalhes!

Além disso, muito países exigem o certificado internacional de vacinação, comprovando que está imunizado contra a febre amarela. Fique atento com as fronteiras que você irá cruzar! Se você for cruzar a fronteira de um país que exige o certificado, você também deverá apresentar esse documento, mesmo que esteja ali apenas de passagem

9- O que levar – Viaje leve.

Só esse tópico já merecia um post a parte! Se já é difícil arrumar uma mala, imagine colocar todas as suas coisas em uma mochila!

O primeiro passo para organizar a sua mochila é olhar a previsão do tempo e analisar o clima do local escolhido para sua viagem. Aí então você deverá decidir se levará roupas de calor, de frio e roupas de banho.

Tente levar pouca coisa! Lembre-se que você terá que carregar toda a sua bagagem nas costas. Além disso, a sua mochila deverá ter um tamanho que seja possível guardá-la nos armários dos hostels.

Leve uma boa mochila, que seja confortável e fácil de carregar, uma boa bota para as caminhadas – você provavelmente irá andar muito, e um bom casaco. Esses são itens essenciais para qualquer mochilão!

Alguns outros itens que podem ser muito úteis na sua viagem: cortador de unha / lixa; lanterna; doleira pra guardar seu dinheiro; toalha (melhor se for aquela que seca rápido e não ocupa muito espaço); caneta e um caderninho; um canivete; um adaptador universal para tomadas (lembre-se de levar eletrônicos que sejam bivolt ou você também irá precisar de um transformador de voltagem) e um kit de primeiros-socorros.

10- Abra a sua mente e o seu coração para novas experiências!

Por mais que você se informe sobre o seu destino, você nunca saberá tudo sobre o local até você chegar lá e vivenciar a experiência.

Presenciar diferenças culturais, gastronômicas, sociais e econômicas são muito comuns em uma viagem e essa imersão em um mundo totalmente diferente do seu pode trazer aprendizados fantásticos!

Observe, analise e se permita participar de experiências diversas e que não fazem parte do seu cotidiano. Interaja com outros visitantes e com a população local e aproveite a oportunidade de conhecer um universo totalmente diferente do seu lugar comum.

Aprenda a estar aberto a novas experiências, não tenha medo de passar perrengues, e aproveite a sua viagem!

Author: Mirelle Rocha

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *