O dinamismo dos Ciclos

É interessante observar quando algo que você sempre gostou de fazer, comer, vestir ou ouvir de repente

By Cristina Aun

By Cristina Aun

perde um pouco a graça. Deixa de exercer aquele impacto, aquele entusiasmo. Muda.

Algumas coisas se modificam espontaneamente, sem muito alarde…um estilo de roupa ou de música, um tempero diferente…Outras mudanças já causam um certo estranhamento, pois são sentimentos e sensações que antes eram naturais, quase que fazendo parte das suas características e essência. E aí, quando de repente você pára de sentir isso, vem aquele questionamento: “Uai, pera! Tem algo estranho aqui. Não, não. Mas isso era tão bom!”.

Ás vezes até você compreender e aceitar essa mudança você entra num conflito interno, relutando (isso acontece comigo!) quase como uma criança fazendo pirraça. Muitas vezes lá no fundo você já mudou, mas ainda sente a necessidade de experimentar aquilo mais uma vez para então sentir na pele aquele momento, acalmar o coração e só aí “virar a chave” para o novo. É preciso compreender aquela nova sensação, que em nada desmerece ou diminui o que passou, apenas é diferente.

By Cristina Aun

By Cristina Aun

Um ciclo que se fecha e outro que se inicia.

E para este entendimento acredito que algumas palavras/sentimentos sejam fundamentais:

Gratidão – pelo que passou e pela nova oportunidade.

Flexibilidade – para os imprevistos, para a novidade, para o diferente.

Confiança – no que vem pela frente, nos novos desafios e conquistas.

Que tal começar a perceber essas sensações e vivenciar as mudanças com mais leveza?

Esse é um exercício e tanto para mim, mas que tem me feito bem! Recomendo! 😉

Author: Cristina Aun

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *