Ser magra…

Muita gente sempre me pergunta como consigo ser magra do jeito que sou! Sinceramente, nunca pensei muito à respeito. Mas são tantas pessoas que fazem a mesma pergunta que comecei a prestar mais atenção nisso.

Acho que a genética ajuda, não posso negar! rsrs Mas ao refletir sobre isso, vi que pensamento sobre medo de engordar, quantidade de comida, etc não fazem parte dos meus pensamentos. Um ponto que acredito que tenho também a meu favor é o fato de comer extremamente devagar! Mastigo muito…e sei que isso faz bem. E também é raro ficar muito tempo sem comer, normalmente tenho três refeições principais: café da manhã, almoço e jantar. E faço lanchinhos entre elas, como uma fruta, um biscoito ou iogurte com granola e sempre tomo suco verde uma hora antes do café da manhã.

Na verdade gostaria de engordar um pouco, mas tenho extrema dificuldade com isso. A única vez que engordei foi quando morei em Paris, lá realmente era impossível não engordar…sou apaixonada por pães e queijos…nem preciso dizer que exagerei quando morei por lá não é? rsrs

http://www.freedigitalphotos.net/images/Dairy_g103-Cheese_p58272.html

Image courtesy of zole4 / FreeDigitalPhotos.net

Mas foi só voltar, que logo perdi os dez quilos que ganhei!

Outro ponto que presto atenção, é em relação à comida gordurosa, raramente como na rua, e quando como normalmente não passo muito bem…só cozinho com azeite, não uso óleo de soja em casa, e normalmente a comida feita em restaurantes são bem gordurosas, e usam muito óleo de soja! 🙁 Isso definitivamente me faz muito mal! Então evito o máximo que posso!

Enfim…acho que pensar magro ajuda! Um dia desses vi um livro na FNAC com o título “Pense magro” e realmente, boa parte das dicas que estão ali fazem parte do meu dia-a-dia.

Imagem retirada do site: http://operacaocasorio.com.br/2012/12/livro-pense-magro/

Imagem retirada do site: http://operacaocasorio.com.br/2012/12/livro-pense-magro/

Bom…espero que tenha ajudado!

Author: Ludmila Carvalho

Share This Post On

1 Comment

  1. Lud acho muito valido o que voce disse e também é importante as pessoas entenderem seu bio-tipo e curti-lo da melhor forma possível, eu fui magra a vida toda, uma falsa magra, depois da menopausa meu corpo mudou mas mesmo com as curvas que ganhei, achei minha forma de me sentir leve, curtir comer saudável e fazer exercício, isto é importante também, nem que seja uma caminhada de 20 minutos 3 vezes por semana! Eu AMO andar, me da ideias, me ajuda a respirar melhor e me sentir sempre com mais energia! e magra! rsrsrsrsr

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *